Wiki Carpathians

Quem manda na Ucrânia

judeus na Ucrânia
Segundo o ultimo senso na Ucrânia, mais de 100 mil pessoas se identificam como judeus. De acordo com estatísticas judias, eles são 90 mil dentro de 47 milhões de ucranianos.

No parlamento esta proporção é muito alta - 40% dos deputados são judeus. No Verkhovna Rada da Ucrânia (Parlamento), os judeus do que na Knesset (Parlamento de Israel). Nenhum outro lugar na Europa tem esta proporção.

Em outros países também há muitos judeus, mas as pessoas têm lá condições de vida mais dignas. Por que uma situação semelhante não surge na Ucrânia? Em outros países o capital judeu domina além da política nacional. Na Ucrânia, o capital judeu tornou-se uma política nacional própria.

Síntese do capital financeiro e político judeu levou para o fato de que na Ucrânia, por um curto período de tempo, a população diminuiu em 5 milhões de pessoas. O paradoxo judeu na Ucrânia, é que ao poder chegaram não judeus-académicos mas judeus-taxistas.

Judeus criaram a Reserva Federal dos Estados Unidos da América que esmagou todo mundo com dólares, eles controlam a informação global e espaço na mídia (TV, rádio). Portanto, esse clã nunca permitirá que, na Ucrânia, vencessem as forças democráticas nacionais.

Sobre o Holocausto Judeu na Ucrânia pode ler aqui.

Blogues-amigos

Caros Leitores, sugiro que vocês leiam estas páginas excelentes.

Primeira é "Ucrânia em África", cujo autor é Jest nas Wielu - um ucraniano que já há mais de dez anos está em Moçambique. A temática de blogue é muito rica. Podem encontrar muitas coisas interessantes sobre a Ucrânia.
endereço: http://ucrania-mozambique.blogspot.com

A segunda é o "Jogo Social" do meu colega Nelson. Ele fala sobre a Igreja, família, religião... tem muitas reflexões interessantíssimos. Vale a pena visitar!
endereço: http://jogosocial.blogspot.com/

Ucrânia tem o direito de recorrer do pedido de adesão à UE

Ucrânia e União Europea
O Parlamento Europeu votou para dar Ucrânia o direito de requerer a declaração de adesão à UE.

Parlamento reconhece as tentativas da Ucrânia, sublinhando que "a Ucrânia pode solicitar a adesão à UE, como qualquer Estado europeu que respeite os princípios da liberdade, democracia, direitos humanos e liberdades fundamentais".

O Parlamento Europeu votou a favor da resolução sobre a Ucrânia, que contém um recurso para o Conselho da UE de dar à Euro Comissão o mandato para planear um regime sem vistos para a Ucrânia.

A declaração disse que "o acordo existente sobre o regime de visto deve ser revisto com a perspectiva de longo prazo" e incluir o médio para efeitos de cancelamento de taxas do visto actual.

P.S. Sobre as relações de UE com Ucrânia pode aprofundar mais aqui.  Ao mesmo tempo, Putin não se cansa de assustar a Europa. Leia aqui.

Vilas ucranianas estão a morrer?

vilas ucranianas
A região de Chernigiv tem 5% do território da Ucrânia, mas tem apenas 2% da população total. Esta região ocupa um dos primeiros lugares em extinção. Número de mortos nesta parte da Ucrânia é de cerca de 10-15 mil pessoas por ano.

Segundo estatísticas oficiais, nos últimos 7-8 anos o número de população em idade activa na região diminuiu 4%, e crianças até 15 anos tem apenas 7%. Pouco a pouco na região desaparecem aldeias inteiras. Os velhos morrem, e os jovens fogem para cidade, onde há trabalho.

P.S. Aprofunde mais: Dados sobre a população da Ucrânia. Muitos jovens deixem não apenas as suas vilas mas também o seu país. Outros gostam de fazer nada e beber cerveja, que segundo o último lei já não se pode beber em qualquer lugar. Finalmente, tudo tudo é mau. Dizem que a crise demográfica acabou.

Gostaste deste artigo? Subscreve o RSS feed.

Patriarca Cirilo vai abençõar a inauguração de Yanukovich

Yanukovich, Cirilo
O patriarca de Moscovo e de todas as Rússias, Cirilo I vai chegar a Kiev, a convite de Viktor Yanukovich, para que no dia da sua inauguração dirigir uma celebração solene em Kiev-Pechersk Lavra.

Segundo o Chefe do Departamento de Relações Externas da Igreja Ortodoxa Russa, Patriarca Cirilo chegará a Kiev na próxima semana e a oração solene realizar-se-à antes da cerimonia de inauguração oficial no Parlamento.

Esperam também a participação de Vladimir, o guia de Igreja Ortodoxa Ucraniana do Patriarcado de Moscovo.

Entretanto, dizem que no início de Março Victor Yanukovich vai a Moscovo a convite do presidente russo.

P.S. Saiba mais sobre a diversidade de Igrejas na Ucrânia. Também interessante sobre a Igreja ucraniana em Portugal. Se você não encontrar o que procurava, use a pesquisa no topo do site, que ainda tem muitas coisas interessantes.

Ucrânia tornou-se mais corrupto

corrupção, Ucrania
O nível de corrupção na Ucrânia, em 2009 aumentou em relação a 2008. Esta conclusão pode ser tirada da investigação de Transparency International. Segundo os resultados de analise,em 2009, Ucrânia tomou o 146º, ganhando 2,2 pontos em vez de 134º lugar que ocupava em 2008. A posição mais baixa significa maior o nível de corrupção.

A instabilidade política na Ucrânia levou a corrupção política, que envolveu sectores público e privado, acompanhado por um alto nível de tolerância entre os cidadãos.

Ucrânia dividiu a 146º posição com a Rússia, Zimbábue, Quénia e Camarões. Os países mais corruptos são a Somália e Afeganistão.

A mais alta classificação de "governo honesto", foram a Nova Zelândia e a Dinamarca.

P.S. É verdade! Este mundo não é perfeito. Para melhorar o seu humor pode ouvir boa música ou ver as imagens muito bonitas da cidade de Lviv. Fique connosco! 

Beber cerveja em qualquer lugar

cerveja Ucrania
A Ucrânia é um dos líderes na Europa de alcoolismo na adolescência. Segundo especialistas, bebem cerveja com frequência de mais do que três vezes por mês, 40 dos 100 rapazes ucranianos e 24 de 100 raparigas entre os 15 e 16 anos. Mas, agora, é proibido beber cerveja e bebidas não alcoólicas em locais públicos.

Novo presidente da Ucrânia. Video




Viktor Yanukovich tornou-se o quarto presidente da Ucrânia depois de ter feito o juramento no Parlamento e assumir o comando das forças armadas. No cerimonial não estiveram presentes os deputados do partido de Yulia Tymoshenko.

No seu discurso o novo Presidente disse que sentiu uma "responsabilidade e humildade perante o povo da Ucrânia". E também que ele sabe o que fazer para salvar a economia da Ucrânia.

Yanukovich falou sobre a necessidade de estabilidade interna, o combate à corrupção e restaurar a confiança dos investidores.

Ucrânia deve se tornar uma ponte entre a Rússia e o Ocidente orientando para a UE.

O Primeiro-Ministro Yulia Tymoshenko que não reconhece a vitória de Yanukovich nas eleições, e Viktor Yushchenko não participaram na cerimónia de inauguração de Yanukovich.

P.S. Para mim o novo Presidente é uma desgraça. Este é o caso de escolher o mal menor para nosso povo. Seja como for, Yanukovich agora tem que resolver muitas problemas, desde quais são: problema de Crimeia, seguir a uma linha certa nas relações com Rússia, decidir entre NATO e Moscovo e muito mais. Aliás, a Criméia é um destino turístico maravilhoso!

Quem matou mais ucranianos na Segunda Guerra Mundial? Hitler ou Stalin?

ucrania,hitler,stalin
Hitler e Stalin viram a nação ucraniana como um obstáculo a seus planos e objetivos. Hitler queria a Ucrânia como a Lebensraum Alemã e Stalin temia que esse nacionalismo ucraniano e uma Ucrânia independente destruiria o império russo soviético. Ambos foram culpados de crimes de guerra e de genocídios na Ucrânia em uma escala tão maciça que são virtualmente inigualáveis na História. Nós não estamos falando aqui de milhares, ou das dezenas de milhares, ou ainda de centenas de milhares de vítimas de assassinato em massa. Nós estamos falando de milhões de ucranianos mortos por Hitler e Stalin.

O grande enigma é:

Quem matou mais ucranianos na Segunda Guerra Mundial? Hitler ou Stalin?

Segunda Guerra Mundial na Ucrânia: Política Stalinista de Terra Devastada

Segunda Guerra Mundial na Ucrânia: Política Stalinista de Terra Devastada
Stalin ficou tão paralisado pelo medo de Hitler que dele não se ouviu uma só palavra por 11 dias completos após a invasão alemão de 22 de Junho. Finalmente em 3 de Julho de 1941 Stalin falou pelo rádio condenando as acções " de amigos como Hitler e Ribbentrop " os quais tinham quebrado seu pacto de amizade. Stalin anunciou também " uma política de terra chamuscada " para a Ucrânia: " no caso de um recuo forçado... todo o estoque de provisões existente deve ser evacuado, ao inimigo não deve ser deixado um único motor, um único vagão de trem, uma única libra de grão ou galão do combustível.

UPA - Exército de Insurreição Ucraniano

UPA - Exército de Insurreição Ucraniano
O exército de insurreição ucraniano - UPA - fundado em 1942 reconheceu a liderança de Bandera – e contou com aproximadamente 200.000 homens e mulheres na guerra. Outros grupos ucranianos de guerrilha, lutaram contra os exércitos totalitários da Alemanha e da Rússia Soviética na esperança de ganhar e de manter uma Ucrânia independente.
Um documento alemão de 25 de novembro de 1941 (experimentação O14-USSR de Nuremberg) determinava:

"Verificou-se que o movimento de Bandera está preparando uma revolta no Reichskommissariat que tem como objetivo o estabelecimento de uma Ucrânia independente. Todos os seguidores do movimento de Bandera devem ser presos de uma vez e, após o interrogatório completo, devem ser liquidados... "

Holocausto Judeu e Ucrânia

Holocausto Judeu na Ucrânia
Em 1939 a população de judeus da Ucrânia era de 1,5 milhões (1.532.776) ou 3% da população total da Ucrânia. Quando a guerra começou em de Junho de 1941 o governo soviético primeiramente ordenou a execução de todos os 19.000 prisioneiros políticos ucranianos da Ucrânia Ocidental (750.000 já tinham sido mortos ou exilados na Sibéria) e então a evacuação de 3,5 milhões de pessoas-chave para o leste, a Rússia. Entre estes retirantes forçados incluíram-se muitos judeus com alto nível cultural, muitos dos quais cientistas e peritos, burocratas comunistas, e membros da policia secreta da NKVD. O total de retirantes foi estimado em aproximadamente a metade a dois terços da população de judeus da Ucrânia (Reitlinger p. 251).

A emigração ucraniana pelo mundo

Ucranianos no mundo. Emigração
A população da Ucrânia é hoje de aproximadamente 48 milhões. Destes 48 milhões 75% é composto por ucranianos; 22% é composto por russos; 1% por judeus e 4% composto por outras etnias. Segundo um levantamento feito pelo governo ucraniano através de um censo no ano de 1989, cerca de 5 milhões de ucranianos vivem em países da Europa, América do Norte, América do Sul e Austrália. Ainda, segundo o mesmo censo, 6,8 milhões de ucranianos vivem em países da extinta União Soviética, assim distribuídos: 4,4 milhões na Rússia, 900.000 no Kazakistão, 600.000 na Moldova, 290.000 na Bielorussia, 150.000 no Uzbezkistão e 100.000 no Kyrgistão.

Tymoshenko decidiu não reconhecer a vitória de Yanukovych

Eleições na Ucrânia, Tymoshenko
Yulia Tymoshenko decidiu não reconhecer a vitória de Viktor Yanukovych nas eleições presidenciais. Esta posição foi anunciada na reunião de segunda-feira a noite.

Segundo as fontes de "Verdade ucraniana" ela disse: "Eu nunca vou admitir a legitimidade da vitória de Yanukovych destas eleições".

Ela colocou a tarefa de seus advogados para preparar a revisão judicial dos resultados eleitorais. Além disso, como uma das opções Tymoshenko expressou a terceira rodada de votação.

Uma parte de deputados do seu bloco está em favor de reconhecimento da vitória de Yanukovych e mover Tymoshenko para a oposição.

No entanto, as fontes indicam, na reunião foram expressadas as opiniões sobre a necessidade de lutar pela vitória de Tymoshenko.

Eleições na Ucrânia. Último dia

Ucrânia, novo presidente
O último dia de campanha. Os candidatos presidenciais têm tempo até a meia-noite para convencer os eleitores de que merecem o cargo mais alto do país. Desde a meia-noite toda a propaganda eleitoral deve ser removida. Também será suspensa a campanha no rádio e na televisão.

No último dia de propaganda, primeira-ministra Yulia Timoshenko vai rezar na Praça de Santa Sofia com as cabeças das igrejas cristãs da Ucrânia. Enquanto isso, seu oponente - Viktor Yanukovych, vai divertir os eleitores com canções no concerto na Praça de São Miguel.

A data dos eleições presidenciais na Ucrânia é dia 7 de Fevereiro. Todos os interessados poderão votar nas sessões eleitorais das 8 até 20:00. Em seguida, serão anunciados os resultados em pesquisas de opinião. O nome do novo presidente da Ucrânia a Comissão Eleitoral Central, tem que declarar oficialmente dentro de 10 dias - até 17 de Fevereiro.

Na Ucrânia acabou a crise demográfica

Vida dos ucranianos, populaçãoEm 2009, na Ucrânia, pela primeira vez durante os anos de independência, a mortalidade diminuiu e o nível de natalidade começou a crescer.

No ano passado, na Ucrânia, morreu menos 43 mil pessoas do que em 2008. Isto é um tipo de conquista para o país durante todos os anos de independência. Ao mesmo tempo, a taxa de natalidade aumentou.

Hoje a Ucrânia elege o novo Presidente

Eleições presidenciais na Ucrânia
Viktor Yanukovych ou Yulia Tymoshenko - um destes candidatos será o chefe do país durante próximos 5 anos. Os ucranianos vão escolher hoje o mais digno com maioria dos cotos. Das 8 horas começou a voto nas assembleias de voto. A votação continuará até 20 horas.

Aqueles que votam em casa serão visitados com pelos membros das comissões eleitorais distritais.

Os cidadãos ucranianos que vivem no exterior também elegem o presidente. A votação começaram os nossos cidadãos na Austrália - ontem às 23 horas, hora de Kiev. O nome do novo presidente os ucranianos vão ouvir o mais tarde - dia 17 de Fevereiro. Mas, para assumir responsabilidades, ele tem até o dia 18 de Março.

Rádio Online Ucrânia. "MFM"



Rádio Online Ucrânia. "Auto Radio"



Rádio Online Ucrânia. "Radio Nostalgie"



Rádio Online Ucrânia. "Hit FM"



Rádio Online Ucrânia. "DJ FM"



Rádio Online Ucrânia. "Gala Rádio"



Rádio Online Ucrânia. "Europa Plus"



Rádio Online Ucrânia. "Europa Plus"

Rádio Online Ucrânia. "Jam FM"






Rádio Online Ucrânia. "KISS FM"



Rádio Online Ucrânia. "Nosso Rádio"



Primeiro Canal Nacional. TV Online



Inter. TV Online



Related Posts with Thumbnails